Arte feita com cédulas de 1 dólar por Franklin Cassaro

O artista Franklin Cassaro lança a sua obra mais recente: o múltiplo Pequeno Travesseiro Financeiro, produzido com notas de 1 dólar, coladas uma a uma, e recheio de poliéster.

Com tiragem de 10 exemplares + 2 P.A., o Pequeno Travesseiro Financeiro mede 24 x 45 cm e se insere na pesquisa do artista em torno dos ‘Infláveis’. O preço de lançamento para os primeiros dois exemplares é R$ 3.000,00 (três mil reais), a unidade; e, a partir do terceiro exemplar, R$ 3.500,00 (três mil e quinhentos reais), a unidade.

FERNANDO COCCHIARALE nos diz: “Cassaro retoma nos infláveis a ideia convencional de auto-sutentação do bloco escultórico. Entretanto os materiais escolhidos para fazê-lo são de natureza diametralmente oposta àquela da solidez da pedra ou do metal. A utilização de cédulas, celofane, jornal etc. na confecção dos infláveis … basta para que estes trabalhos fiquem de pé sem quaisquer outros recursos que os de sua própria materialidade. Somente um solo poético comum pode ancorar essa real e positiva pluralidade. Franklin nunca desvincula a invenção de seus trabalhos dos métodos, técnicas e materiais utilizados para produzi-los. Assumidas como esculturas (ainda que o ato de esculpir inexista em seu processo) todas essas peças devem responder à mesma exigência processual: se sustentarem por si sós no espaço, dos materiais de que são feitas.”

Visitas por agendamento na Martha Pagy Escritório de Arte:

marthapagy.escritorioriodearte@gmail.com

+55 21 981413234

www.marthapagy.com

Compartilhar:
Notícias - 20/01/2021

Horrana de Kássia Santoz assume vaga de curadora na Pinacoteca

Pinacoteca do Estado de São Paulo e a Coleção Ivani e Jorge Yunes comemoram a parceria com a chegada de …

Notícias - 20/01/2021

Curso gratuito de Artes Integradas e Acessibilidade abre inscrições

Já estão abertas as inscrições para o curso Artes Integradas + Educação + Acessibilidade, do projeto Um Novo Olhar. A …

Notícias - 11/01/2021

Artista mineira Marina Amaral entra para lista da Forbes

A colorista mineira Marina Amaral entrou para a lista da Forbes dos jovens mais influentes do ano.  A Under 30 …

Notícias - 11/01/2021

Iphan e Polícia Federal resgatam material arqueológico no Acre

Na manhã do dia 5 de janeiro, uma ação conjunta do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) no …

Notícias - 11/01/2021

Exposição do estilista Tomo Koizumi inicia o Departamento de Moda, Design e Arquitetura da Fundação Iberê

Em 2021, a Japan House São Paulo (JHSP) vai expandir sua presença pelo Brasil, por meio de um projeto de …

Notícias - 11/01/2021

Pinacoteca de São Paulo divulga programação de 2021

 

Em 2021, a Pinacoteca de São Paulo, museu da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, …

Notícias - 28/12/2020

Os universos díspares da Rússia contemporânea pelas lentes de Serguei Maksimishin em “O Último Império”

A exposição “O Último Império – Serguei Maksimishin”, que esteve no Museu Oscar Niemeyer (MON), em Curitiba, entre dezembro de …

Notícias - 20/12/2020

Consciência diante do perigo: as representações do medo ao longo da História da Arte

Quando Susan Sontag fala que fotografia é sobre dor, ela fala sobre Arte. Quando Susan afirma que “fotos são um …

Notícias - 19/12/2020

São Paulo ganha mural em homenagem às comunidades indígenas afetadas pela pandemia

As Nações Unidas e a ViaQuatro, concessionária responsável pela operação e manutenção da Linha 4-Amarela, em São Paulo, se unem …

Notícias - 18/12/2020

Farol Santander abre hoje mostra do artista chileno Iván Navarro

Abre hoje, 18 de dezembro, no Farol Santander São Paulo, a exposição ExFinito, primeira grande mostra individual no país do …

Notícias - 17/12/2020

Conheça os 91 projetos selecionados do Rumos Itaú Cultural 2019/2020

A Dasartes participou na última quarta-feira, 16 de dezembro, na coletiva de imprensa do Itaú Cultural, que anunciou os projetos selecionados …

Notícias - 17/12/2020

REGINA BONI ANUNCIA INAUGURAÇÃO DA GALERIA SÃO PAULO FLUTUANTE EM 2021

Para quem afrontou militares e a extrema direita em plena ditadura nos anos 60, não seria uma pandemia em escala …