Edith Derdyk

Edith Derdyk fez o curso de Licenciatura em Artes Plásticas pela FAAP (1977/1980).
Realizou inúmeros trabalhos gráficos como capas de livro, capas de disco e ilustrações (as capas realizadas em conjunto com o fotógrafo Gal Oppido para o grupo de música popular RUMO).
Foram editados 2 audiovisuais com caráter de ensaio (fotos de Carlos Fadon e trilha original composta por Paulo Tatit). Estes foram exibidos entre 1982/1985 no MIS, Pinacoteca do Estado de São Paulo, Teatro Lira Paulistana, FAU e CCSP.
Escreveu e ilustrou 3 livros infantis: Estória Sem Fimmm (Summus Editorial/1980), O Colecionador de Palavras e A Sombra da Sandra Assanhada (ambos editados pela Editora Salesianas / 1986 e 1987 respectivamente). Atualmente está coordenando a Coleção Siricutico com as canções do selo Palavra Cantada, editados pela Cosac&Naify.
Foram publicados 2 livros teóricos de sua autoria: Formas de Pensar o Desenho e O Desenho da Figura Humana, ambos editados pela Editora Scipione, 1988 e 1989 respectivamente. Lançou o livro Linha de Costura, pela Editora Iluminuras em 1997. Produziu o livro Vão (Edição Independente/1999); O que fica do que escapa (Edição Independente/2000); Fresta e Fiação (Edição Independente/2004). Em 2001 lançou pela Editora Escuta o livro Linha de Horizonte – por uma poética do ato criador.
Tem participado de exposições coletivas e individuais desde 1981 no Brasil e no exterior. Em 1996 foi convidada para ser uma das 4 artistas representando o Brasil na mostra Arte através dos oceanos, Copenhague, Dinamarca. Também participou de Sombras e Espelhos no MAM-SP e CCBB-RJ, curadoria de Aracy Amaral em 1994 e 1995. Em 1996 participou de 15 Artistas Brasileiros, curadoria de Tadeu Chiarelli, no MAM-SP E RJ. Em 1998 participou da exposição Arte Brasileira sobre Papel, organizada pelo MAM/SP com os trabalhos de acervo, curadoria de Tadeu Chiarelli. Também realizou em 2002 uma exposição individual como artista convidada no Centro Cultural São Paulo.Em 2003 participou da mostra Tecendo o Visível no Instituto Tomie Ohtake, curadoria de Agnaldo Farias. Em 2003 realizou as individuais Campo Dobrado no Museu de Arte de Santa Catarina / Florianópolis e Declive na Haim Chanin Fine Arts em Nova York / EUA. Tem participado de Feiras Internacionais (Arco, Miami Basel) representada pela Marília Razuk Galeria de Arte, onde realizou a individual Ângulos, em 2004.
Em 1999, conjuntamente com o artista Claudio Cretti, realizou o cenário para um pocket ópera Tupi tu és, dirigido por Ivaldo Bertazzo no SESC-Ipiranga e Teatro Municipal. Realizou em 2004 a cenografia para a peça Prova Contrária, dramaturgia de Fernando Bonassi e direção de Débora Dubois. SESC-Belenzinho.
Em 1990 foi contemplada com a Bolsa para Artes Visuais/FIAT, resultando na exposição Viés, realizada no MASP. Em 1993 foi contemplada com uma bolsa como artista residente pelo MAC-USP, para desenvolver um trabalho por 2 meses, em Vermont Studio Center,USA. Em 1999 foi contemplada com uma bolsa dentro de um programa de pesquisa pela Instituição The Rockefeller Foundation como artista pesquisadora residente em Bellagio Center, Itália (maio/1999). Em 2002 foi contemplada com a Bolsa Vitae de Artes / Fundação Vitae. Foi contemplada pelo APCA (Associação Paulista dos Críricos de Arte) categoria Tridimensional do ano de 2002. Em 2004 ganhou Prêmio Revelação de Fotografia/Porto Seguro. Em 2007 é contemplada com Bolsa como artista residente no The Banf Centre/Canadá.
Tem trabalhos em coleções públicas: Pinacoteca do Estado de São Paulo; Fundação Padre Anchieta/São Paulo; Câmara Municipal de Piracicaba; Museu de Arte de Brasília; Museu de Arte Moderna -São Paulo; Instituto Cultural Itaú – SP; Secretaria Municipal da Cultura – Santos; Museu de Arte de Santa Catarina, Museu de Arte Moderna da Bahia; Dragão do Mar- Fortaleza; CCSP; Porto Seguro Fotografia; De Paw Institute/Indiana; Prefeitura de Nurnberg/Alemanha.
Em 2003 realizou as individuais Campo Dobrado no Museu de Arte de Santa Catarina / Florianópolis e Declive na Haim Chanin Fine Arts em Nova York / EUA. Tem participado de Feiras Internacionais (Arco, Miami Basel) representada pela Marília Razuk Galeria de Arte, onde realizou a individual Ângulos, em 2004. Em 2005 realizou a exposição individual Manhã como artista convidada do Paço das Artes. Em 2007 realizou exposição individual na Estação Pinacoteca do Estado de São Paulo, na Galeria de Marília Razuk e sala Especial de Fotografia/Prêmio Porto Seguro de Fotografia.

Compartilhar:
Artistas

Sheila Oliveira

Sheila Oliveira nasceu em São Paulo, SP, em 1968, onde vive e trabalha. Graduada em Biblioteconomia e Documentação, fotografa profissionalmente …

Artistas

Bruno Veiga

Bruno Veiga nasceu no Rio de Janeiro, Brasil.
Começou a fotografar nos anos 80 nos diários nacionais O Globo e Jornal …

Artistas

Rosana Paste

Rosana Lúcia Paste (Venda Nova do Imigrante ES 1967). Performer, escultora, fotógrafa, videomaker. Muda-se para a Vitória em 1986. Seis …

Artistas

Waltercio Caldas

 
 
Waltercio Caldas Júnior (Rio de Janeiro RJ 1946). Escultor, desenhista, artista gráfico, cenógrafo. Estuda pintura com Ivan Serpa (1923 – …

Artistas

Bruno Miguel

Nasceu no Rio de Janeiro, em 1981, cidade onde vive e trabalha. Formou-se em artes plásticas e pintura pela Escola …

Artistas

Alberto Giacometti

Artista plástico, escultor e pintor suíço nascido em Borgonovo, bem perto da fronteira com a Itália, o mais famoso nome …

Artistas

Thiago Barros

Bacharel em Comunicação Social pela UFRJ, Leciona na Escola de Artes Visuais do Parque Lage e na Sociedade Fluminense de …

Artistas

Walter Firmo

Walter Firmo começou sua carreira como fotógrafo profissional no jornal Última Hora, no Rio de Janeiro, em 1957. Em 1960, …

Artistas

Lygia Clark

Lygia Clark (Belo Horizonte, 1920 – Rio de Janeiro, 1988) foi uma artista multimídia, integrante do grupo Neoconcreto. Começou seus …

Artistas

Maria Paula Vianna

Maria Paula Vianna, mineira de nascença e carioca de coração, começou a se relacionar com a fotografia ainda criança quando …

Artistas

José Rufino

Segundo o crítico e poeta Adolfo Montejo Navas, na obra de José Rufino gravita “uma poética alimentada por um revigorado …

Artistas

Carlos Cruz-Diez

Carlos Cruz-Díez (17 de agosto de Caracas, 1923) é um pintor venezuelano.
Ele passou sua carreira profissional trabalhando e ensinando, entre …