Wisrah Villefort | GUAVA e deCurators

Husbandry, Wisrah Villefort | FOTO: Jessica Melo Negreiros

De 7 a 28 de maio, GUAVA e deCurators recebem (S), primeiro projeto solo de Wisrah Villefort em Brasília, com curadoria de Thiago Granai. Realizado na vitrine do deCurators e no website http://guava.gallery, o projeto explora dimensões de sensação sonora presentes nas associações estabelecidas entre os ambientes expositivos e os trabalhos exibidos.

Os trabalhos alocados na vitrine do deCurators estão disponíveis para visitação 24 horas por dia, em todos os sete dias da semana, assim como a peça sonora disponível no site da GUAVA.

Sobre o artista:

Wisrah Villefort (Buritizeiro, 1989) vive e trabalha em São Paulo, Brasil. Sua prática incorpora fotografia, vídeo, som e texto em instalações e trabalhos em hipermídia. Foi finalista do III Prêmio Reynaldo Roels Jr. (Rio de Janeiro, Brasil) e residente no programa Pivô Pesquisa (São Paulo, Brasil). Arquivos, coleções e comissões institucionais incluem KADIST (Paris, França), The One Minutes Foundation at Sandberg Instituut (Amsterdam, Holanda) e Instituto Moreira Salles (São Paulo, Brasil). Entre exposições recentes estão a individual The Mouth of the Gifted Horse (Goswell Road, Paris, França) e as coletivas XOXO (Galerie l’axolotl, Toulon, França), 14ª Bienal de Curitiba (Curitiba, Brasil), Prosthetics Vol.2 (U10 Art Space, Belgrado, Sérvia) e SUPERHOST (Like a Little Disaster, Polignano, Itália).

Sobre o curador:

Thiago Granai (Brasília, 1997) é artista visual e curador independente residente na GUAVA. Propõe, junto à galeria online, aproximações estreitas com outros artistas, que cumprem-se na pesquisa e produção de projetos expositivos. Realizou no último ano a curadoria da exposição Translation na GUAVA e participou da exposição A Invenção do Silêncio (online), com curadoria de Malu Serafim, e da WebResidência do espaço OLHÃO, de São Paulo.

Sem Título, Wisrah Villefort | FOTO: Jessica Melo Negreiros

Sobre as galerias:

GUAVA é uma galeria de arte online concebida por Mariana Destro em 2019 como uma plataforma de curadoria e disseminação de imagens contemporâneas. Apresentamos exposições e projetos desenvolvidos especialmente para a internet. Buscamos terreno fértil para mapear uma nova topografia da arte contemporânea. Através da GUAVA, pretendemos construir um diálogo mais estreito entre a prática artística e os campos mais amplos da sociedade, sem nunca esquecer o caráter efêmero de um mundo em constante mudança.

deCurators é um espaço de microcuradorias focado em formação de público, experimentação e arte contemporânea. Criado em março de 2014 por Gisel Carriconde Azevedo, o deCurators é um espaço de arte contemporânea não comercial gerido por artistas, pensado como uma vitrine para exercícios de curadoria. As exposições são organizadas em ciclos curatoriais pensados a partir de um tema ou proposição, que funciona como um leitmotiv em torno do qual diversas ações culturais são realizadas.

Compartilhar: