Vera Martins – Museu Oscar Niemeyer

O Museu Oscar Niemeyer (MON) inaugura uma nova exposição: “A Violência sob a Delicadeza”, da artista visual Vera Martins. A mostra conta com 46 obras, entre telas e instalações, e estará em cartaz desde o dia 31 de outubro, na Sala 2. A exposição tem o apoio da Fundação Pollock-Krasner.

Diretora-presidente do Museu, Juliana Vosnika explica que nada no extenso e intenso trabalho da artista visual Vera Martins é óbvio. Isso inclui desde os materiais que utiliza até os processos de execução. Sua inspiração é resultante de um perspicaz olhar sobre a natureza humana, sentimentos e sensações.

“Há sempre uma mensagem forte e um sentir profundamente feminino que transforma angústias, percepções e reflexões em arte. A violência sob a delicadeza da artista é poesia pura, traduzida aqui em instalações, objetos e pinturas que o MON traz ao seu público nesta exposição”, diz Juliana.

Para a superintendente de Cultura do Paraná, Luciana Casagrande Pereira, “o trabalho muito pessoal mas, também, universal de Vera Martins abrilhanta ainda mais a reabertura do MON”.

Os curadores Agnaldo Farias e Jhon Voese explicam que, embora as obras sejam anteriores à pandemia, o processo da mostra aconteceu durante a quarentena. “Nesse período, tivemos que lidar com outros temas correlatos, como: a iminência da morte, a clausura, o medo da solidão, o valor da vida e a própria relação do ser humano com o tempo. Tudo isso está presente nas obras selecionadas”, afirmam.

Compartilhar: