tour virtual | exposição DEGAS

O Bradesco Cultura, plataforma digital que reúne conteúdo relacionado às iniciativas culturais que contam com o patrocínio do banco, disponibiliza um tour virtual gratuito da exposição Degas que está em cartaz no MASP, na capital paulista, até 1° de agosto de 2021. 

Durante o período de um mês, o público de outras regiões do país, ou mesmo quem mora na cidade de São Paulo, mas ainda tem receio de sair de casa devido à pandemia, terá acesso à mostra que apresenta todas as obras do artista francês Edgar Degas (1834-1917) pertencentes ao acervo do museu, como a escultura “Bailarina de catorze anos” (1880), a mais icônica de Degas e uma das mais emblemáticas de toda a história da arte ocidental do século 20. Com ela são 76 no total, sendo 73 bronzes, dois desenhos e uma pintura. Apenas outros três museus no mundo possuem essa coleção completa de esculturas: Glyptotek de Copenhague, Metropolitan de Nova York e Musée d’Orsay, Paris.

Em diálogo com as obras de Degas estão as releituras feitas por Sofia Borges, artista brasileira que, a convite do MASP, produziu fotografias em grande escala a partir das esculturas do artista. O resultado desse trabalho, cujo processo levou quase um ano, revela e transforma várias das obras de Degas de forma nova e radical.  

Desenvolvida inteiramente em 3D, e disponível em 360º com todos os descritivos das obras, a navegação torna a experiência realista e repleta de detalhes, possibilitando que o público dite seu próprio ritmo e tenha a real sensação de estar circulando presencialmente pelo espaço.   

A visita virtual está disponível exclusivamente em cultura.bradesco até 06/08. Posteriormente, poderá ser acessada também no site do MASP

Bradesco Cultura  

Com centenas de projetos patrocinados anualmente, o Bradesco acredita que a cultura é um agente transformador da sociedade. O banco apoia iniciativas que contribuem para a sustentabilidade de manifestações culturais que acontecem de norte a sul do País, reforçando o seu compromisso com a democratização da arte. São eventos regionais, feiras, exposições, centros culturais, orquestras, musicais e muitos outros.  

No fim de 2020, o banco lançou o Bradesco Cultura, plataforma digital que reúne conteúdo relacionado às estas iniciativas culturais que contam com o patrocínio da instituição, divididas em cinco pilares: Artes Visuais, Concertos, Entretenimento, Eventos Regionais e Teatros e Musicais. É o caso da galeria exclusiva de fotos da mostra OSGEMEOS: Segredos, que está em cartaz na Pinacoteca de São Paulo até agosto. O álbum disponível no Bradesco Cultura compila o melhor da exposição, democratizando o acesso ao conteúdo para aquelas pessoas que estão fora de São Paulo ou que ainda preferem não sair de casa.  

Outro exemplo é o Vale da Música, um festival permanente de música instrumental que acontece em um palco flutuante sobre o lago da Ópera de Arame, um dos locais mais visitados de Curitiba. O projeto traz em seu repertório os mais diversos gêneros musicais, incluindo Pop, Reggae, Latin Jazz, Samba, entre outros. Na plataforma do Bradesco é possível conhecer mais deste universo de sonoridades. Acesse em cultura.bradesco

Compartilhar: