Sylvia Sanchez | MIS

O MIS recebe a terceira mostra do programa Nova Fotografia 2019, que selecionou seis trabalhos inéditos para serem expostos no Museu ao longo do ano: Crônica de banalidades ordinárias, da artista Sylvia Sanchez. Com entrada gratuita, a exposição fica em cartaz até o dia 25 de agosto, no Espaço Nicho. Ainda dentro da programação da mostra, no dia 22 de agosto, a fotógrafa realiza um bate-papo – gratuito – com o público sobre seu trabalho.

Na série, através de uma performance para a câmera, um corpo ocupa de modo pouco usual os cômodos quase vazios de uma casa – sempre justaposto a objetos triviais sem utilidade aparente e deslocados de seus lugares habituais. Os gestos do corpo – e as relações que estabelecem, dentro do quadro fotográfico, com os espaços e objetos – subvertem as noções de normalidade e de funcionalidade nas ações cotidianas, esgarçando as fronteiras do habitual. Promovem humor e desconforto, ao mesmo tempo em que espreitam os condicionamentos e razões que se ocultam sob a superfície do dia-a-dia.

“A partir disso, a artista inventa situações domésticas, constituídas por elementos bastante familiares, mas atravessadas por gestos que parecem semear uma narrativa fantástica. Ela faz durar diante do olhar – como um fantasma que decide não mais se esconder – a fração de absurdo que reside nos acontecimentos ordinários”, diz o professor e fotógrafo Ronaldo Entler, que realizou o acompanhamento curatorial da mostra.

Compartilhar: