Projeto Ressonância – Homenagem ao centenário da semana de arte moderna | Centro Cultural São Paulo

Edição: Coletivo Vem pra Luta Amada, Guerrilha Gráfica Feminista.

Centro Cultural São Paulo (CCSP) recebe o projeto Ressonância neste final de semana

A plataforma cultural de artistas contemporâneos 55SP, com o apoio do Centro Cultural São Paulo (CCSP), promove, a partir deste final de semana, o projeto Ressonância, que propõe o diálogo entre as artes visuais, a arte sonora e aborda a diversidade dos movimentos culturais. A mostra acontece em comemoração ao centenário da Semana de Arte Moderna e por meio de encontros entre as editoras IKREK, Desapê, AMA Sonora, Potência Ativa e Hueso Records. O primeiro encontro de editores, totalmente gratuito, está marcado para os dias 29 e 30 de janeiro, das 11h às 19h, no CCSP, no piso Flávio de Carvalho, culminando também em um podcast homônimo, com episódios publicados de janeiro a março, produzidos em parceria com Produção Preta e Estúdio CCSP, abordando discussões de forma democrática, acessível e global da experiência transdisciplinar da arte.

No dia 19 de março, na Vila Modernista Flávio de Carvalho, nos Jardins, acontece a segunda parte do Ressonância, que contará ainda com uma instalação da artista Mônica Ventura e do Coletivo Coletores, com a curadoria de Carollina Lauriano. O grupo realizará projeções na fachada da casa do Espaço C.A.M.A, que abriga a 55SP, para celebrar o legado do centenário da Semana de Arte Moderna de 1922 e trazer à tona a discussão sobre o apagamento histórico de artistas negros nesse período. 

Ressonância é uma mostra de investigação e pesquisa, que aborda a arte e o som em resposta à diversidade dos movimentos culturais, nos processos de imigração, globalização e nacionalidade. 

 

Compartilhar: