Projeto Curto Circuito promove visitas aos ateliês de Curitiba

O espaço onde o artista desenvolve suas obras revela muito sobre seu trabalho e suas inspirações. Por isso, um grupo de artistas visuais de Curitiba se uniu para criar o projeto Curto Circuito, que aproxima arte e público através de visitas em diferentes ateliês da cidade. Com a proposta de desmistificar a ideia de que a arte está restrita a um pequeno grupo, a iniciativa é apoiada pela SIM Galeria, um importante ponto de divulgação da arte contemporânea no Brasil.

Experimental, o circuito ainda pretende criar um ambiente mais aberto para a prática e a reflexão artística, além de formar um movimento catalisador de experiências, que proporciona novos olhares sobre as produções. O projeto também oferece aos visitantes uma maneira privilegiada de conhecer o trabalho dos artistas.

Nesta primeira edição, que acontece nos dias 22 e 23 de novembro, cinco locais de criação estarão abertos ao público, que ainda poderá participar de uma série de atividades. “Acreditamos que a exposição de arte da forma como é tradicionalmente conhecida não é a única maneira de se apresentar um trabalho. Por isso, propomos atividades mutantes, maleáveis e interdisciplinares, que possibilitam mostrar algo entre a obra e seus processos, percorrendo os limites entre o que é público e privado na arte contemporânea”, contam os artistas.

 

22/11 – SÁBADO

10h – André Azevedo

14h – Juan Parada

17h – Biel Carpenter + Mariana Zarpellon + Jack Holmer

23/11 – DOMINGO

10h – Willian Santos + Constance Pinheiro

15 h – André Mendes + Antônio Wolff

 

Compartilhar: