Pequeno Encontro da Fotografia

Paula Dau e Fabio Figueiredo

O Pequeno Encontro da Fotografia oferece uma programação farta e diversa ao público na 7ª edição do festival pernambucano, que ocorre de 15 a 19 de março de 2021. Essa é a segunda vez que o evento ocorre de maneira virtual por causa da pandemia e os seus realizadores, Eduardo Queiroga, Maria Chaves e Mateus Sá, buscam manter viva a essência do projeto ao levar para a internet as atividades que o público das edições realizadas no Sítio Histórico de Olinda já conhecia.

No chamado Pequeno Em Casa, as exposições e projeções podem ser vistas a qualquer hora do dia durante a semana do festival pelo site do evento, assim como as obras do Espaço do Livro e do Espaço da Pesquisa (este último é uma novidade desta edição). Mas esses trabalhos também são apresentados por seus autores e curadores em transmissões ao vivo que podem ser vistas nos perfis do festival no YouTube e Facebook,

A maior parte das obras foi escolhida pelos realizadores do Pequeno e pelos curadores convidados (Maíra Gamarra, Daniela Bracchi, José Afonso Jr. e Nina Velasco) entre os inscritos em quatro convocatórias lançadas este ano. Tais convocatórias atraíram a atenção de pessoas residentes em várias cidades brasileiras e de outros países, recebendo mais de 250 inscrições (as quatro chamadas públicas lançadas para preencher as vagas das oficinas também atraíram mais de 250 interessados).

Além dos trabalhos criados por esses inscritos, o site também recebe exposições dos convidados para outras atividades do Pequeno Encontro. É o caso do professor José Afonso Jr. (UFPE) e das fotógrafas Priscilla Buhr e Roberta Guimarães, que participam, respectivamente, do Espaço da Pesquisa, das Oficinas e do Ciclo de Palestras, e apresentam novos ensaios nas mostras “Suíte Master e Quarto de Empregada”, “Não Reagente” e “Árvore da Palavra”.

Já o fotógrafo convidado Heudes Regis também participa do festival com a exposição “Festa no Terreiro Mágico: 100 anos do Cambinda Brasileira”. Essas mostra é uma das atividades que contam com acessibilidade comunicacional no Pequeno Encontro, pois ela é disponibilizada com vídeo em Libras e audiodescrição.

As outras são as três palestras e a performance “O Som das Imagens”, que o fotógrafo Ricardo Labastier realiza no último dia do festival com participação do percussionista convidado Jerimum de Olinda. Elas contam com intérpretes de Libras. A apresentação ocorre na mesma noite do papo informal chamado de Café Pequeno.

Ulla Czekus, Arredores

CONVERSAS AO VIVO

Precedidas por projeções de trabalhos fotográficos, sempre à noite, as palestras são uma oportunidade para ouvir os fotógrafos e fotógrafas Alcione Ferreira, Bárbara Wagner, Fred Jordão, Heudes Regis, Rodrigo Braga e Roberta Guimarães falar de seus trabalhos e abordar diferentes aspectos do processo criativo.

As apresentações dos trabalhos selecionados para o Espaço da Pesquisa ocorrem em duas manhãs. Os painéis, que seguem os temas “Fotografias de uma distopia pandêmica” e “Reconfigurações da imagem fotográfica”, são conduzidos pelos professores Daniela Bracchi (UFPE), José Afonso Silva Júnior (UFPE) e Nina Velasco (UFPE).

Tardes específicas são reservadas para as transmissões ao vivo das visitas guiadas com artistas selecionados no ciclo de exposições e para uma roda de diálogo sobre fotolivros. Essa última é conduzida pela pesquisadora, editora e fotógrafa Maíra Gamarra, curadora do Espaço do Livro.

OFICINAS

           As oficinas são as únicas atividades da programação que o Pequeno Encontro realiza em salas virtuais de acesso restrito (mas ainda assim gratuito), para que facilitadoras e facilitadores possam acompanhar as pessoas de maneira mais focada. Cada turma terá 20 pessoas, selecionadas entre as mais de 250 que se inscreveram previamente pelo site do festival.

Os temas abordados contemplam diferentes possibilidades para a criação fotográfica contemporânea: Fotografia como documento e memória, com Elvio Luiz; No princípio era o verbo, com Priscilla Buhr; Fotografia e feminismos na América Latina, com Olga Wanderley; e Fotografia 4.0, com Iezu Kaeru.

PEQUENO EM CASA

           Esta é a segunda vez em que o festival acontece no formato chamado de Pequeno em Casa, no qual as atividades ocorrem de maneira virtual. A primeira experiência dos organizadores do evento (Eduardo Queiroga, Maria Chaves e Mateus Sá) com esta mudança do Sítio Histórico de Olinda para a internet ocorreu na 6ª edição, quando já era preciso manter o distanciamento social por causa da pandemia da Covid-19.

A 7ª edição do Pequeno Encontro é realizada em 2021 com produção da Proa Marketing Cultural e Projetos e com recursos da Lei Aldir Blanc, do Ministério do Turismo, por meio do Edital Criação, Fruição e Difusão – LAB PE, lançado pelo Governo de Pernambuco. 

Foto: Maria Clara Feitosa

PROGRAMAÇÃO

SEGUNDA-FEIRA (15/3): Exposições, Projeções, Espaço da Pesquisa e Espaço do Livro (o dia todo no site)

10h às 12h – Painel 1 do Espaço da Pesquisa
14h às 16h – Oficina de Iezu Kaeru
14h às 16h – Oficina de Priscilla Buhr

TERÇA-FEIRA (16/3):  Exposições, Projeções, Espaço da Pesquisa e Espaço do Livro (o dia todo no site)

10h às 12h – Painel 2 do Espaço da Pesquisa
14h às 16h – Oficina de Iezu Kaeru 14h às 16h – Oficina de Priscilla Buhr 19h – Projeções + Palestras de Fred Jordão e Roberta Guimarães [evento acessível: Libras]

QUARTA-FEIRA (17/3): Exposições, Projeções, Espaço da Pesquisa e Espaço do Livro (o dia todo no site)

10h às 12h – Oficina de Olga Wanderley
10h às 12h – Oficina de Elvio Luiz
14h às 16h – Oficina de Iezu Kaeru
14h às 16h – Oficina de Priscilla Buhr
14h às 16h – Roda de diálogo sobre fotolivros com Maíra Gamarra
19h – Projeções + Palestras de Heudes Regis e Alcione Ferreira [evento acessível: Libras]

QUINTA-FEIRA (18/3): Exposições, Projeções, Espaço da Pesquisa e Espaço do Livro (o dia todo no site)

10h às 12h – Oficina com Olga Wanderley
10h às 12h – Oficina de Elvio Luiz
14h às 16h – Visitas guiadas às exposições virtuais
19h – Projeções + Palestras de Bárbara Wagner e Rodrigo Braga [evento acessível: Libras]

SEXTA-FEIRA (19/3): Exposições, Projeções, Espaço da Pesquisa e Espaço do Livro (o dia todo no site)

10h às 12h – Oficina com Olga Wanderley
10h às 12h – Oficina de Elvio Luiz
14h às 16h – Visitas guiadas às exposições virtuais
19h30 – Café Pequeno + Performance “O Som das Imagens”, de Ricardo Labastier com participação do percussionista convidado Jerimum de Olinda [evento acessível: Libras]

Compartilhar: