Paulo Ouro Preto – Samba Arte Contemporânea

O restaurateur Paulo Ouro Preto uniu duas paixões, gastronomia e arte, e durante a  pandemia dedicou grande parte do seu tempo a realização do seu lado artístico, ensaiou rabiscos e mais  rabiscos nos papéis em branco que via pela frente  – Doodles  – desenhos despretensiosos, que refletiam a sua emoção, em um momento que a média de notícias negativas é bem maior que as positivas, mas todos que, de certa forma, também refletiam os ingredientes do seu italianíssimo restaurante Ino. – paixão antiga; ou seja, frutas, legumes, vegetais, doces e ovos ganham uma forma totalmente lúdica.

A ideia era transportar a gastronomia italiana para as telas que ganharam cores e formas com uma pegada divertida, e quase que aromática. Os Doodles, esses esboços realizados por acaso, em meio a distração do dia, têm um sentido que expressa a sua real emoção – pois todos eles vêm com a língua de fora, e a mensagem é –  “não aguento mais essa pandemia.”

Com a série montada, o restaurateur, que desde pequeno adora pintar cores e sabores, recebeu um convite e assume ainda mais a sua veia artística, os divertidos Doodles – são  12 no tamanho de 50 x 50cm  – estão expostos na galeria Samba, no Fashion Mall, até novembro.

Todos os dias, como uma forma de ilustrar no Instagram seu mood da quarentena, Ouro Preto ratificou sua aptidão unindo suas paixões e nelas pode expressar seus sentimentos em tempos de pandemia.  A série, totalmente afetiva, é dedicada à esposa e filhos, com quem ficou isolado e pode ver o quanto a vida faz sentido quando conseguimos expressar nossos sentimentos em família e até mesmo descobri-los.

Compartilhar: