Maria Eugênia Baptista | Centro Cultural Correios Rio de Janeiro

Até 1º de setembro, a artista plástica Maria Eugênia Baptista apresenta a exposição individual “HuManos – A arte do encontro”, no Centro Cultural Correios do Rio de Janeiro. Sob curadoria de Carlos Bertão e design de Alê Teixeira, a mostra é composta por telas, esculturas, objetos, vídeos e por uma obra coletiva que nasce do encontro entre as pessoas. Conectadas através de um gesto afetivo como o aperto de mãos, tendo a argila como elo para o registro desses encontros, foram geradas milhares de peças que, pela primeira vez, foram reunidas em uma única instalação. A agenda da mostra conta com uma série de eventos, com o primeiro no dia 14 de agosto.

“Nesta exposição, os visitantes também poderão participar da obra interativa em construção, tendo seus encontros eternizados numa obra sem tempo ou fim, que seguirá crescendo. Minha proposta é realizar encontros em espaços públicos sem limites ou fronteiras geográficas”, comenta Maria Eugênia.

Essa é a primeira exposição com todas as peças dos encontros realizados nos últimos cinco anos, que contaram com 2 mil encontros realizados por 4 mil pessoas. Desde então, Maria Eugênia tem realizado inúmeras ações que registram encontros entre corpos através da materialização do afeto, da emoção de um abraço, de um aperto de mãos e outras formas de encontros, em peças de argila.

Em 2020, a obra “humanos” continuará crescendo e as ações poéticas que propõem o encontro entre as pessoas irão para as ruas do Rio, pois o projeto foi aprovado na Lei Municipal de Incentivo à Cultura/ISS para execução no ano que vem.

 

Agenda de eventos durante a exposição

Ação Poética humanos

Encontro interativo/a artista, a obra e o visitante

Datas: 14, 20 e 27 de agosto

Horário: das 15h às 18h

O público será convidado a participar da construção da instalação HUMANOS, uma obra interativa que nasce do encontro entre as pessoas através de um gesto afetivo como um aperto de mãos, registrado em argila.

 

Encontro com a obra

Data: 18 de agosto, domingo

Horário: das 16 às 18h

Será um momento para confraternização com todas as pessoas que participaram das ações poéticas humMANOS e cujos encontros já estão eternizados nessa obra coletiva que nasce do afeto entre as pessoas. Todos os visitantes que desejarem fazer parte do projeto também serão bem vindos.

 

Compartilhar: