Marcelo Oseás | Uma crônica Munduruku

O fotógrafo autoral Marcelo Oséas decidiu compartilhar em suas redes sociais um novo projeto de Exposição Online que retrata três de suas sérias, incluindo bastidores de viagens pelo interior do país, combinados a exposições e trabalhos já finalizados. A primeira etapa tem início com Uma Crônica Munduruku, trabalho sensivelmente registrado no coração da Amazônia e que retrata a ancestralidade brasileira por meio de uma inserção do fotógrafo à cultura da aldeia Munduruku, localizada no Baixo Tapajós. 

Por meio de seu trabalho, registra a rotina local em tons de crônica, imagens diretas das condições e realidade vividas ali e, para fazer isso, Marcelo conseguiu pré estabelecer uma relação com a comunidade, respeitando as regras, instituições e principalmente, o tempo das pessoas e foi assim que conseguiu traduzir de forma tocante os valores da aldeia, as pressões que sofrem em seu cotidiano, a luta dos indígena para a preservação de seus valores e forma de vida.  

O resultado é de dez obras em uma série lançada em 2019 e foi nela que o artista pode incluir novos elementos que já vinha estudando para realizar intervenções nas imagens, o uso de pigmentação natural. Carvão, açaí, folha de cipó, cúrcuma, açafrão e índigo são alguns dos elementos utilizados, com delicada técnica de extração e aplicação, e desenvolvimento de um método que dá nova vida aos trabalhos e abrem dúvida sobre o que é a fotografia e o que é a pintura. 

A próxima Exposição Online será Agridoce Agrestino, seguida de Vida em Terra.

Compartilhar: