MAC como obra de arte

O MAC de Niterói faz aniversário no início de setembro. 18 anos! E para celebrar o aniversário do museu, as comemorações já começam no fim de semana de 30 (das 10h às 21h) e 31 de agosto (das 10h às 18h). Nestes dois dias, vai acontecer o projeto “MAC como obra de arte”, com ocupações, performances, projeções de filmes, dança, mostras, lançamentos de publicações, entre outras atividades gratuitas. Em setembro, ainda comemorando o aniversário do museu, haverá abertura de exposições especiais (nos dias 6 e 13) – reforçando a importância das Coleções do João Sattamini e do MAC de Niterói, além de apresentar a arquitetura de Niemeyer como inspiração para criações de artistas nacionais e internacionais.
Só detalhando um pouquinho da programação do dia 30 (sábado) e 31 de agosto (domingo) – o “MAC como obra de arte”, caso vc queira citar algumas das atrações:
– Programa AtivAções, com o Coletivo Conectores Platônicos (dia 30 – das 10h às 18h/ dia 31 – 11h às 18h)
– Lançamento do livro “Sudário”, do artista Carlos Vergara (dia 30, às 17h)
– Projeto Rede, do artista João Modé (dias 30 e 31)
– Oficina Latifúndios de Papel, com o artista Raimundo Rodriguez (dia 30, das 10h às 12h)
– Programa de Projeções e Intervenções, com o Cineclube Cineolho e com o Coletivo Plus Ultra + Alexandre Gwaz (dia 30, das 18h às 21h)
– Intervenções dos artistas da exposição “Espaços Deslocados: Futuros Suspensos – Repensando Oscar Niemeyer (dia 30, das 18h às 21h)
– Instalação Bando de Chuva – Projeto Som da Mare (de 30 de agosto a 7 de setembro)
– Lançamento do folder da exposição “Fique à vontade”, do artista Ricardo Pimenta (dia 31, às 17h).

Compartilhar: