Luciano Candisani | Estúdio 41

O fotógrafo Luciano Candisani desvenda a imensidão aquática do Pantanal em TERRA D’ÁGUA PANTANAL, novo projeto com a Vento Leste Editora, desdobrado em livro fotográfico e exposição com lançamento no Estúdio 41 no dia 28 de setembro. O trabalho é fruto de dez anos de expedições do autor em paragens remotas do bioma e suas nascentes, nos planaltos ao redor.

No momento em que relatório científico do Mapa Biomas aponta uma perda de mais da metade da superfície aquática no Pantanal, a publicação traz uma ampla documentação visual sobre o sistema vivo sustentado pela água. “De longe ou de perto, as fotografias desse ensaio jamais prescindem do fio condutor líquido: a água está presente em todas as imagens, assim como em tudo o que tem vida”, explica Candisani.

Arte e documento se misturam nas 75 fotografias do livro, sendo a maioria delas elaboradas em incursões no período da cheia, quando os rios transbordam e o Pantanal vira um mar interior. Para a exposição, foram selecionadas pelo curador Diógenes Moura 29 fotografias em dimensões variadas que retratam a imensidão do Bioma.

O Estúdio 41 ainda promove conversas presenciais e gratuitas entre Luciano Candisani e personalidades distintas. No dia 29 de setembro, quarta-feira, às 18h, o fotógrafo conversa com a jornalista especializada em sustentabilidade Paulina Chamorro. O segundo encontro acontece entre Candisani e Araquém Alcântara para conversar sobre Fotografia Documental e o bioma Pantanal, no dia 14 de outubro, quinta-feira, às 18h. É necessário fazer inscrição prévia pelo site do Estúdio.

O livro possui uma Edição de Colecionador, aos moldes de MAGNA, de Cristiano Xavier, patrocinada pela Vento Leste e que será doada para o Documenta Pantanal. Toda a renda será revertida para entidades engajadas no combate aos incêndios na região.

Compartilhar: