Lizis | Centro Cultural Matarazzo

Lizis, descoberta

A exposição “Passagem” de Lizis, arte colagem experimental, traz o que a artista chama de experimentos visuais.  Lizis é uma artista que se expressa a partir da fusão de elementos e técnicas  diversas. Seus suportes variam em tamanhos e formatos, sendo eles: telas, madeira, tecidos, espinhos, biscuit  entre outros objetos do cotidiano, que carregam para a  artista uma memória afetiva e trazem ao espectador/a  uma pluralidade de significados simbólicos.

Partindo da experimentação e da ressignificação de imagens garimpadas, seus trabalhos tensionam o debate sobre o corpo no intuito de gerar uma nova experiência estética. Lizis rompe com os limites poéticos da pintura, da colagem e da escultura, produzindo uma estética transgressiva e híbrida.

Seu  processo criativo transita dos afetos subjetivos da artista para os afetos coletivos do público,  abordando temas que envolvem o  CORPO no contemporâneo como questões de   gênero, gravidez,  o patriarcado, os ciclos menstruais, o  Amor, a Cólera, entre outros.

A exposição propõe aos visitantes reconhecimento e/ou estranhamento, provocando reflexões atravessadoras. A partir da Arte, a artista pretende trazer o que está de PASSAGEM, mas também sensações que pairam sobre corpos no contemporâneo, conectando sua experiência individual com temáticas e experiências coletivas.

Como atividade extra, a exposição terá, ainda, composições em vídeo e temas de áudio que irão complementar a experiência imersiva para o público convidado. Todos os trabalhos estarão disponíveis à venda no local e após a exposição, em seu perfil no instagram @lizis_artecolagem.

A exposição individual “Passagem”, de Lizis, é resultado do projeto de incentivo Aldir Blanc em conjunto com a Secretaria de Cultura de Presidente Prudente, São Paulo.

Compartilhar: