Fause Haten

O artista visual Fause Haten abre sua casa atelier, no bairro do Belém, em São Paulo. Com curadoria de Renato De Cara, Haten apresenta sua produção de artes visuais mais recente, entre fotografia, pintura têxtil, escultura e performance.

Tomando como base o fazer e a construção de peças têxteis, Fause abre seu acervo e, a partir de peças suas e outras garimpadas por brechós do mundo todo, passa a ressignificá-las, transmutando-as em esculturas-objetos, em formas de rostos ou máscaras apenas com a aplicação de alfinetes, alcançando os volumes pretendidos. Para falar de identidade – e a busca por uma, e requinte, ostentação, perdas e danos, o artista usa formas de membros em suas obras recentes.

Como parte da programação, acontece apresentação de duas performances: “Lê+Lé: Eu sou um Monstro” (leitura/performance em português), no dia 07 e 13 de março de 2020, às 11h;  Lê+Lé: I’m a Monster (leitura/performance em inglês), no dia 14 de março de 2020, às 11h e “CemPeitos”, no dia 15 de março de 2020, às 16h. As performances são gratuitas e tem um limite de 20 pessoas de público. Reservas devem ser feitas previamente pelo WhatsApp (11) 982.232.000. As apresentações fazem parte do Circuito Paralelo de Artes de SP, o FAROFFA – que acontece paralelamente a 7ª Mostra Internacional de Teatro de São Paulo – MITsp.

Compartilhar: