Espaço de Emergência, Espaço de Resistência | EAV Parque Lage

A Escola de Artes Visuais do Parque Lage (EAV), em parceria com o Instituto Rubens Gerchman (IRG), apresenta o lançamento do livro “Espaço de Emergência, Espaço de Resistência – Escola de Artes Visuais do Parque Lage 1975/1979, uma experiência radical e coletiva idealizada e dirigida por Rubens Gerchman”. A publicação – com organização de Clara Gerchman, Isabella Rosado Nunes e Sergio Cohn, da editora Azougue – aborda o projeto pedagógico-artístico de Rubens Gerchman (1942-2008), fundador e gestor da EAV Parque Lage, nos anos 1970 e será lançada no sábado, dia 12/dez, às 15h, no Salão Nobre do palacete do Parque Lage

“Espaço de Emergência, Espaço de Resistência” é a primeira publicação a reunir a trajetória da EAV Parque Lage. O livro destaca o período em que Gerchman criou e esteve à frente da instituição, a partir de falas do artista, além de documentos, cartas, recortes de jornal, material gráfico e depoimentos. Os princípios e práticas pedagógicas da escola, que se consolidou como um espaço de liberdade e cruzamento de meios e disciplinas, são apresentados em textos de jornalistas, críticos e curadores. Na publicação, o leitor tem acesso a histórias coletivas contadas por
artistas e profissionais que fizeram parte da EAV, e conhece o pensamento de Gerchman como “artista–educador”.

No dia 12, durante o lançamento, a EAV vai exibir publicamente o documentário “Rubens Gerchman – Com a demissão no bolso”, de Bernardo Pinheiro Motta e Pedro Rossi. O filme, de 40 minutos, reúne depoimentos de amigos e parceiros do artista, como Helio Eichbauer, Heloisa Buarque de Hollanda, Carlos Vergara, Roberto Magalhães, Sérgio Santeiro, Xico Chaves, Rosa Magalhães, Frederico Moraes, Luiz Ernesto, Jards Macalé, Bernardo Vilhena e Walter Carvalho.

Um debate on-line com os organizadores e autores do livro, às 15h do dia 9 de dezembro, precede o lançamento presencial marcado para o dia 12 de dezembro de 2020, às 15h, no Salão Nobre do palacete do Parque Lage, respeitando todos os protocolos sanitários e exigências de prevenção à Covid-19. O debate, com
transmissão ao vivo pelo YouTube da EAV (https://bit.ly/3bKi5wB), contará com autores do livro: Suzana Velasco (BRA), Evandro Salles (BRA), Claudia Calirman (BRA), a autora e organizadora Isabella Rosado Nunes (BRA), a organizadora Clara Gerchman (BRA) e também a diretora da EAV Parque Lage, Yole Mendonça (BRA). A mediação é de Ulisses Carrilho, curador da escola.

O lançamento da publicação é o quinto e último ciclo do seminário “Emergência e Resistência – Pedagogias Radicais”, uma série de cinco encontros remotos gratuitos sobre pedagogias experimentais no ensino das artes. A primeira mesa ocorreu no dia 16 de setembro, com troca de investigações sobre as pedagogias no contexto da
América Latina. A programação prosseguiu em outubro e novembro focando nas experiências regionais dentro do Brasil e Rio de Janeiro, abordando a Escola de Artes Visuais enquanto projeto de artista.

O artista e ex-diretor da EAV, Xico Chaves, que foi também professor e instigador da instituição desde os tempos do Gerchman, fará uma participação no dia 12, às 16h, com a ativação “Memorial – Poema”.

Uma curadoria especial selecionou documentos de arquivos do projeto Memória Lage e do Instituto Rubens Gerchman, que seguem disponíveis no Tumblr, além de registros dos encontros anteriores e reflexões críticas elaboradas pela coletiva de pesquisa curatorial NaPupila.

A concepção e organização do seminário é da EAV Parque Lage em parceria com o Instituto Rubens Gerchman e Isabella Rosado Nunes. O livro é uma realização do Instituto Rubens Gerchman (IRG), da ArtEdu Stiftung e da Azougue Editorial, com organização de Clara Gerchman, Isabella Rosado Nunes e Sergio Cohn.

 

Compartilhar: