Doutrina das Cores | Galeria Raquel Arnaud

Georgia Kyriakakis, Helenas I, 2002

A coletiva Doutrina das Cores, que inaugura o calendário de 2021 da Galeria Raquel Arnaud, busca atrair o olhar do espectador para poéticas cromáticas diversas, exploradas de modo particular pelos 22 artistas reunidos.

A exposição reúne 24 trabalhos, em diferentes suportes, em que a cor tem presença marcante e, em seu fluxo constante, busca adaptar-se às mudanças de contexto e sociedade. O conjunto de obras traz a percepção subjetiva das cores como representação dos limites distintos e indistintos de realidade, em um mundo cada vez mais conexo e desconexo.

Participam da exposição: Antonio Manuel, Arthur Luiz Piza, Carla Chaim, Carlos Cruz-Diez, Carlos Nunes, Daniel Feingold, Ding Musa, Dudi Maia Rosa, Elizabeth Jobim, Eduardo Sued, Frida Baranek, Geórgia Kyriakakis, Iole de Freitas, Jesús Rafael Soto, Julio Villani, Marco Giannotti, Rafael Alonso, Raúl Díaz Reyes, Rodrigo Andrade, Sérvulo Esmeraldo, Tuneu, e Wolfram Ullrich. E três artistas convidados da Galeria Millan: Dudi Maia Rosa, Rafael Alonso e Rodrigo Andrade.

 

Compartilhar: