Clube de Fotografia | MAM São Paulo

fotografia p&b

A história da fotografia moderna e contemporânea no Brasil se funde, por diversos momentos, com o surgimento do Clube de Colecionadores de Fotografia do Museu de Arte de São Paulo. Nos anos 2000, em um momento de particular atenção à institucionalização do meio fotográfico e período em que a fotografia brasileira ganhava destaque no cenário internacional, nascia o Clube de Colecionadores de Fotografia do MAM.

A partir de 3 de agosto, o público poderá conferir na página do Museu de Arte Moderna no Google Arts & Culture uma prévia inédita virtual da exposição que celebra os 20 anos do Clube. A mostra integra a programação especial de aniversário de 72 anos do MAM São Paulo e é uma das diversas iniciativas online do Museu que, desde o início da pandemia promove tours virtuais, lives, quizzes, conteúdos inéditos e cursos online em seus canais digitais.

A exposição, que será inaugurada na íntegra na reabertura do espaço físico do Museu, ganha este recorte online organizado por Eder Chiodetto, curador do Clube de Colecionadores de Fotografia do MAM desde 2006. Há trabalhos de diferentes gerações e linguagens artísticas, criações emblemáticas de nomes como Adriana Varejão, Berna Reale, Cláudia Andujar, Fernando Lemos, Nuno Ramos, Miguel Rio Branco e Regina Silveira – esta última, apresenta uma edição comemorativa de FLASH (2010).

Fotógrafo, escultor e desenhista de origem baiana, Mário Cravo Neto (1947-2009), autor de uma extensa e celebrada produção fotográfica, é homenageado nesses 20 anos do Clube e terá uma obra inédita na mostra, de tiragem limitada, e que poderá ser adquirida por colecionadores interessados na página do clube no site do MAM.

O Clube

Em meados de 1990, após um processo mundial de flexibilização das formas de expressão artística – em especial, no que diz respeito às técnicas e materiais utilizados – a fotografia começou a consolidar seu espaço nas instituições de arte contemporânea. É a partir deste momento que a entrada da fotografia no acervo do MAM torna-se mais sistemática e o Museu passa a apresentar, colecionar e discutir mais efetivamente obras nesse suporte.

Nos anos 2000, por uma iniciativa de Tadeu Chiarelli, na época curador-chefe do Museu, nasce o Clube de Colecionadores de Fotografia MAM com o objetivo de fomentar o colecionismo e impulsionar a produção artística brasileira.

“A existência do Clube de Colecionadores de Fotografia do MAM só é possível graças à parceria entre o museu que organiza as ações, os artistas que doam suas obras e os sócios que incentivam a produção artística e a existência do próprio museu. Dessa forma, tanto o MAM quanto os colecionadores seguem construindo, ano após ano, um acervo perene de extrema importância, por meio do qual podemos refletir sobre a cultura brasileira, nossa mestiçagem, nossos dramas sociais, nossa identidade, nossa capacidade de nos reinventarmos à revelia dos desmandos do poder hierárquico”, reflete o curador.

Programação

No período da inauguração online, de 3 a 7 de julho, o Museu promoverá em suas redes sociais conteúdos e atividades inéditas relacionadas à mostra, como experiência poética proposta pelo MAM Educativo, e ainda uma live no Instagram no dia 7 de agosto, às 17h, entre Eder Chiodetto, curador da mostra, e Cauê Alves, curador do MAM.

Desde o início da pandemia, o MAM intensificou sua presença digital por meio de uma programação diversa e destinada ao público de todas as idades. O #MAMonline traz ações artísticas, culturais e educativas que convidam a refletir, pesquisar e inspirar. Ainda que a experiência presencial seja insubstituível, o online se fortalece como um importante complemento, a exemplo dos números de acesso das plataformas digitais do Museu. Apenas no último mês, entre 1 de junho e 1 de julho, o site do MAM recebeu 54.888 visualizações, computou 3.185 novos acessos na página de tour virtual e ganhou 14.305 novos usuários. O perfil do MAM no Google Arts & Culture cresceu de 1.2 mil page views em fevereiro para 15 mil page views em março. Ou seja, um crescimento de mais de 1000% de fevereiro para março – início da campanha #MAMOnline. De maio a junho, o perfil alcançou mais de 19 mil page views.

Compartilhar: