Ciclo de debates Performances do Carnaval | MAM Rio

Dia 27 de fevereiro das 17 às 19h teremos o debate O ESTEREÓTIPO DO CORPO DA MULHER PRETA NO IMAGINÁRIO DOS DESFILES com a participação de Evelyn Bastos, Milena Wainer e Flávia Oliveira.

O encontro que encerra as mesas de debate reúne três mulheres negras para falar de suas experiências. A pauta gira em torno da objetificação do corpo da passista e da luta pelo reconhecimento do espaço e do protagonismo feminino em diferentes áreas dos saberes carnavalescos.

SOBRE EVELYN BASTOS: Nascida no morro da Mangueira, a rainha de bateria leva o nome de sua comunidade para onde quer que vá. Professora de Educação Física e estudante de História, Evelyn viaja o mundo com um projeto particular onde ministra aulas e propaga a performance do samba. Seus métodos de ensino foram levados para a Argentina (2013); Japão e França (2014); Suécia e Alemanha (2016); Austrália e França (2017) e Portugal (2018). Mulher referência para a sua comunidade, desenvolve projetos sociais onde estimula jovens que, como ela, buscam no estudo a oportunidade mais segura para se prepararem para um futuro mais inclusivo.

SOBRE MILLENA WAINER: Millena Wainer participa de rodas e disputas de samba cantando, e luta pelo lugar da mulher como intérprete no ambiente carnavalesco. Tem passagens pelo Carnaval do Rio de Janeiro, de São Paulo e do Espírito Santo. Atualmente, integra os departamentos musicais das escolas de samba Unidos de Vila Maria (São Paulo) e Mocidade Independente de Padre Miguel (Rio de Janeiro). Formada em Comunicação Social, é idealizadora do documentário: “A voz das mulheres do Samba”, onde aprofunda importante discussão sobre o machismo que se
perpetua na sociedade brasileira tendo o universo do samba como pesquisa.

SOBRE FLÁVIA OLIVEIRA: Flávia Oliveira é carioca. Formou-se em Jornalismo na Universidade Federal Fluminense (UFF). São mais de duas décadas de experiência em jornalismo diário na cobertura de economia, indicadores sociais, empreendedorismo, desigualdades de gênero e raça, segurança pública. É comentarista na GloboNews e colunista do jornal O Globo e da rádio CBN. Podcaster no “Angu de Grilo” ao lado da filha, a também jornalista, Isabela Reis. Integra a comissão de matriz africana do Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro, e é membro dos conselhos consultivos da Anistia Internacional Brasil, da ONG Uma Gota no Oceano, do Centro de Estudos das Relações de Trabalho e Desigualdades (Ceert), do Observatório de Favelas, da Agência Lupa, do Projeto Liberdade, do Instituto Sou da Paz e do Instituto Ibirapitanga.

Saiba mais: https://www.mam.rio/educacao/saberes-da-mangueira/

Compartilhar: