Chelpa Ferro | Galeria Cavalo

No vocabulário do rock e do pop, ‘supergrupo’ é a classicação dada às bandas organizadas por integrantes já notórios, cultuados desde antes da  formação destas. É a partir dessa fórmula musical que os artistas Barrão, Luiz Zerbini e Sergio Mekler criaram em 1995 o Chelpa Ferro. Em setembro o trio apresenta, em parceria com a galeria Vermelho, a sua primeira exposição na galeria Cavalo, homônima à instalação multimídia  Spacemen/Cavemen’. A obra, criada em 2011 e inédita no Rio de Janeiro, foi apresentada recentemente em Milão e Londres.

Duas estranhas máquinas pairam a poucos centímetros do chão, suspensas por cordas e tiras xadas nas paredes da sala expositiva. Esses objetos utuantes pouco-identicáveis foram construídos com pedras, lâmpadas, isopor, equipamentos sonoros, sucatas e os emaranhados. As hastes que  atravessam cada um deles, similares a antenas improvisadas, dão ares de projeto cientíco pós-apocalíptico. Operando, parecem se esforçar para conversar em línguas distintas.

Spacemen/Cavemen é presenciada como um diálogo dissonante, onde a variação luminosa e os barulhosnão-melódicos criam ritmos e cenários que ditam o clima da galeria. Tanto o título da obra quanto o caráterdas mídias indicam o encontro de temporalidades ancestrais e futuristas. Hibridismos como este costumam ser vistos nos trabalhos do coletivo, que constantemente utiliza detritos descartados junto a instrumentos tradicionais, materiais sintéticos com substâncias naturais, e sonoridade noise com orquestras sinfônicas.

Compartilhar: