Bordados, de Lia Menna Barreto

A filial paulistana da Galeria Bolsa de Arte abre, na próxima terça-feira (21 de outubro), a mostra “Bordados”, da artista Lia Menna Barreto.

A exposição é composta por 13 obras que misturam organza de seda pura, materiais plásticos e penas. Os trabalhos simulam bordados nos tecidos e ocupam espaços a partir de 135 X 135 cm.

As obras de “Bordados” têm origem em “Sedas”, trabalhos oriundos de pesquisas realizadas pela artista na década de 90, quando passou a desenvolver a técnica de fundir objetos através do calor. Um dos trabalhos dessa primeira série é Cortina (2000), obra considerada como ponto de partida de seus bordados.

Esse movimento, retomado nesses trabalhos mais recentes, consiste em unir os simulacros plásticos com a organza de seda pura através do calor. O bordado não necessita de linhas, pois é gerado com o derretimento da matéria plástica que penetra nas tramas do tecido.

Na definição da crítica Diana Corso, “Lia Menna Barreto é uma menina levada que estraga brinquedos. Ela desmonta, derrete, perfura e rasga, mas também é uma mulher prendada que borda, tece, costura e cola”.

Para a exposição, Lia contou a participação especial da estilista Fernanda Yamamoto, com a criação e modelagem de um vestido a partir de um tecido da artista. O título desta obra, feita a quatro mãos, é “Lagoa Doce”, um vestido com tons barrosos que lembra as águas de um lago que remete à infância da artista.

Sobre Lia Menna Barreto

Nascida no Rio de Janeiro, em 1959, Lia Menna Barreto vive e trabalha em Eldorado do Sul (RS). Entre 1975 e 1978, a artista estudou artes e desenho no Ateliê Livre da Prefeitura de Porto Alegre. Em 1985, conclui seu bacharelado em Desenho pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), e faz sua primeira individual no Museu de Artes do Rio Grande do Sul (MARGS)

Na época, a jovem artista passa a realizar diversos trabalhos com espumas e brinquedos infantis, em especial bonecas, em suas obras. Na década de 90, Lia amplia seu repertório e compõe trabalhos que utilizam bonecos de plástico, animais de borracha, bichos de pelúcia e outros brinquedos. Também realiza, nos primeiros anos dessa década, obras revestidas de tecidos diversos, num desdobramento de seus trabalhos com espuma, que exploram procedimentos escultóricos por meio de formas costuradas.

Entre 1993 e 1994, vive em São Francisco, nos Estados Unidos, e estuda na Stanford University com bolsa concedida pelo programa International Fellowship in the Visual Arts, da America Arts Alliance. Em 1997, expõe trabalhos na 6ª Bienal de Havana, na Bienal de Los Angeles e na 1ª Bienal de Artes Visuais do Mercosul, em Porto Alegre, da qual volta a participar, em 2003, em sua 4ª edição.

 Serviço:

Bordados – Lia Menna Barreto
Abertura: 21 de outubro (terça-feira), 19h
Endereço: Rua Mourato Coelho, 790
Horários: Seg. a sex., das 10h às 19h
Sábado: 11h às 17h
GRÁTIS

Galeria Bolsa de Arte

A Galeria Bolsa de Arte foi fundada em 1980 na cidade de Porto Alegre, mas foi no ano de 1985 que Marga Pasquali, recém-chegada de Londres, decidiu adquirir o empreendimento. Ao longo de seus 34 anos de existência, a galeria vem trabalhando com alguns dos nomes mais importantes do cenário da arte contemporânea brasileira, assim como têm lançado diversos talentos. Foram mais de 250 exposições, além de participações ativas em feiras no Brasil e no exterior.

Compartilhar: