BEUYS, para onde nos leva?

A mostra reúne 60 artistas de diferentes estados, convidados a mergulhar na obra de Joseph Beuys, artista plástico alemão, considerado um dos mais controvertidos nos anos 70 e início dos 80. Conhecido como performático, místico, guia e xamã, sua obra é semeada de obstáculos e revela a crença de que a arte é a ciência da liberdade. A exposição traz linguagens e materiais variados. Curadoria: Marilou Winograd e Lucia Avancini.

A abertura da mostra acontecce na quarta-feira (17), às 19h.

Compartilhar: