André Dahmer | Casa Sinlogo

Desenhista, cartunista e poeta, André Dahmer (Rio de Janeiro, 1974) é reconhecido pelo humor ácido, inteligente e reflexivo. Criador das famosas tirinhas “Malvados”, “Quadrinhos dos Anos 10”, “Apóstolos: a série”, “Cidade do Medo” e dos personagens “Emir Saad” e “Terêncio Horto”, entre outros, em “Charges de um quadrinista” o artista traz a São Paulo sua mais recente produção.

O público paulistano poderá conferir a vertente mais poética de criação do artista. Segundo Dahmer, o trabalho paralelo ao realizado diariamente para os jornais e revistas transforma-se no seu momento de relaxamento: “Desenho para descansar de meu trabalho como desenhista. A poesia que há nesses trabalhos sempre existiu, é algo mais delicado, mas não tenho medo nenhum disso, eu os faço com a mão leve e a cabeça mais livre, mas nem sempre são temas alegres de se ver, porque muitas vezes os temas são elementos de um futuro distópico”, comenta. Charges sobre política, religião e costumes, temas centrais na obra do artista, compõe a presente exposição.

Pioneiro dos quadrinhos na web – Dahmer talvez seja o primeiro quadrinista brasileiros a ter alcançado reconhecimento nacional e internacional a partir do trabalho desenvolvido na internet – o artista tem no traço simples de estilo minimalista a principal marca de sua produção. Ao longo das duas últimas décadas conquistou uma legião de admiradores abordando em suas tirinhas temas do cotidiano como política, tecnologia e as relações humanas, sempre com seu humor sarcástico e corrosivo, outra marca de seu trabalho. O colega Ziraldo, por exemplo, define o artista como um “cartunista machadiano”.

Compartilhar: