Amelia Brandelli | Galeria Bolsa de Arte Porto Alegre

Em, Quase Inverno, Quase, a artista apresenta um conjunto de trabalhos recentes que exploram as questões do desenho, como forma e materialidade. Nesses trabalhos, a artista se vale da observação de uma natureza domesticada, que permite o labor intenso do lápis grafite em diferentes e sutis nuances à saturação extrema do material – ora como tramas rendadas, ora como preenchimentos sólidos e desconexos. Da prática com desenho a grafite, Amélia desdobra suas possibilidades e suportes, desde o lápis, bastão ao grafite em pó, sobre papel e madeira. Através do acúmulo de linhas, e horas do material na superfície sensível, o tempo se faz desafio, amálgama e resistência.

Compartilhar: