A SURPRESA DAS COISAS SEMPRE NOVAS

A Galeria Marcelo Guarnieri apresenta a exposição “A surpresa das coisas sempre novas”, que traça um panorama da artista Niobe Xandó desde a sua fase figurativa nos anos 50, passando pelo amadurecimento nos anos 60, quando elabora composições em torno de mitos, antecipando os processos metamórficos de suas máscaras sugestivas de culturas ancestrais. Nos anos 60/70, com a arte sob influência do concretismo, Niobe mergulha na arte abstrata, sob uma profusão de signos híbridos. No final da vida, nos anos 90, no auge do mal de Alzheimer, retorna aos desenhos de autorretrato da década de 50, repintando-os. 

 

www.galeriamarceloguarnieri.com.br

Compartilhar: