A Gota Preta Filmes | Cinemateca do MAM

Dia 12 de fevereiro se inicia na Cinemateca on-line do MAM a mostra dedicada à produtora A Gota Preta, criada por
Renato Ranquine em 2016, e que em 2018 transformou-se também em distribuidora, reunindo uma crescente e significativa carteira de filmes ligados ao universo das artes visuais e ao cinema experimental brasileiro, cada vez mais próximos e interconectados.

O trabalho de A Gota Preta indica uma tendência de distribuição audiovisual e se destaca pela coesão e qualidade dos títulos selecionados para circulação comercial e cultural em circuitos novos e digitais, muitos deles alcançando premiações nacionais e internacionais.

A Mostra A Gota Preta Filmes Apresenta vai reunir dez filmes da distribuidora que serão incorporados ao acervo da Cinemateca.

SEX 12 fev – QUI 18 fev
A Gota Preta Filmes Apresenta. Adeus às coisas de Ian Schuler. Brasil, 2019. Videoarte/Experimental. 16’. Classificação Livre + Bárbara Balaclava de Thiago Martins de Melo. Brasil, 2016. Animação. 14’. Classificação 18 anos + Rasga mortalha de Thiago Martins de Melo. Brasil, 2019. Animação. 14’. Classificação 16 anos + A Noite dos
lanches de Ian Schuler. Brasil/Portugal, 2020. Videoarte/Experimental. 9’. Classificação Livre

SEX 19 fev – QUI 25 fev
A Gota Preta Filmes Apresenta. Estudos superficiais de Gustavo Speridião. Brasil, 2016. Experimental. 36’. Classificação Livre + Time Color de Gustavo Speridião. Brasil/França, 2020. Experimental. 24’ Classificação Livre

SEX 26 fev – QUI 4 mar
A Gota Preta Filmes Apresenta. Tupinambá lambido de Lucas Parente. Brasil, 2018. Documentário Experimental. 12’. Classificação 14 anos + A cristalização de Brasília de Guerreiro do Divino Amor. Brasil, 2019. Experimental/Animação. 7’. Classificação 14 anos + O mundo mineral de Guerreiro do Divino Amor. Brasil, 2020.
Experimental/Animação. 9’. Classificação 14 anos + Calypso de Lucas Parente e Rodrigo Lima. Brasil, 2018. Experimental. 61’. Classificação 14 anos.

Compartilhar: