1ª Coleção | Anexo LONA

A partir do dia 4 de dezembro, o Anexo LONA, localizado no centro histórico de São Paulo, realiza a exposição coletiva “1ª Coleção”, que traz o colecionismo como uma prática saudável e uma maneira de preservar a história por meio de objetos. Ao todo, 11 artistas visuais da LONA Galeria, com narrativas diferentes, se unem para formular uma prática de trabalho desenvolvida de forma conjunta, constante e crescente com o objetivo de criar uma coleção exclusiva.

Durante o processo, o grupo de artistas, formado por Clara de Cápua, Daniel Mello, Gabriel Almeida, Gabriel Pessoto, Gabriel Torggler, Gustavo Aragoni, Higo Joseph, Irene Guerriero, Liliana Alves, Rodrigo Seles e Sueli Espicalquis, acompanhou o desenvolvimento das produções, conversando, analisando e propondo soluções e intervenções para tornar essa exposição possível e única.

“Uma coleção se inicia pelo prazer, vai crescendo e se tornando um hábito. Envolve vasculhar e caçar peças que faltam, pontas soltas, constante atualização e reconstrução a partir de novas produções que colocam em perspectiva e somam camadas de leitura a obras do passado. Colecionar objetos fez surgir diversos museus pelo mundo, alguns criados a partir de coleções particulares”, explica Duílio Ferronato, responsável pela LONA Galeria.

A exposição “1ª Coleção” será aberta no sábado, 4 de dezembro, a partir das 13h. A visitação gratuita poderá ser feita de quarta a sábado, das 13h às 18h, até 15 de janeiro de 2022, com limitação de público. Portanto, é necessário fazer agendamento via WhatsApp. O Anexo LONA segue as recomendações das autoridades de saúde e, por isso, só será possível acessar a exposição com o uso da máscara.

Compartilhar: