DASARTES 90

FRANCIS BACON
CILDO MEIRELES
LEÓN FERRARI
ANTONY GORMLEY
TOMAS SARACENO 
DOMINIQUE GONZALEZ-FOERSTER

CAPA – Mega exposição, no Centre Pompidou, celebra as obras de FRANCIS BACON produzidas nas últimas décadas e exibe a inovadora exploração da influência de grandes nomes da literatura em suas intensas e viscerais pinturas. Por Elisa Maia.

REFLEXO – Sesc Pompeia reúne 150 obras criadas por CILDO MEIRELES entre os anos 1960 e os dias de hoje, no maior acervo do artista já exposto na américa latina. Nome único na história da arte brasileira, Meireles fala à DASartes sobre o processo de inspiração e criação de 5 obras de sua trajetória de mais de 50 anos.

ALTO RELEVO – Pinacoteca celebra a verve crítica do artista argentino LEÓN FERRARI (1920-2013) em exposição inédita composta de 94 obras.

PANORAMA – Com as principais obras de sua carreira de 45 anos, juntamente com novas instalações criadas para o espaço,  a Royal Academy apresenta a maior retrospectiva de ANTONY GORMLEY já vista. Releia aqui a matéria publicada na época em que Brasil recebeu uma grande mostra deste singular artista, para quem a escultura é um ato de fé na continuidade das emoções humanas. Por Jurandy Valença.

GARIMPO – Com sua nova mostra más-que-humanas, o museu Thyssen-Bornemisza, em Madri, expõe obras de TOMÁS SARACENO e DOMINIQUE GONZALEZ-FOERSTER com dois objetivos; chamar um novo público para o museu e criar um diálogo entre as artes e as ciências naturais. Por Leonardo Ivo.

Compartilhar:

DASARTES 12 anos