Jasper Johns transforma seu estúdio em um retiro de artistas

jasper-johns

Jasper Johns tem grandes planos para sua casa e estúdio em Sharon, Connecticut, nos EUA. Após sua morte, o artista planeja transformar sua propriedade pastoral, onde viveu desde a década de 1990, em um retiro de artistas, proporcionando um espaço de trabalho para 18 a 24 artistas por vez.

Representantes do artista apresentaram uma proposta para a comissão de planejamento e zoneamento de Sharon, que votou unanimemente a favor do projeto. A crítica de arte Deborah Salomon informou pela primeira vez que a cidade concedeu permissão para o projeto em um tweet publicado na última semana.

De acordo com as minutas da reunião, disponíveis no site de Sharon, os artistas “viveriam, comeriam e se dedicariam ao estudo, prática e desenvolvimento privado de seus trabalhos. Eles teriam refeições comuns, na casa principal existente e compartilhavam espaços comuns que promoveriam um senso de comunidade entre os artistas”.

“Além da própria propriedade, Johns pretende fornecer uma donação para apoiar as operações do retiro”, escreveu a cidade, observando que atualmente não há planos para construção adicional na propriedade. “A proposta se enquadra no Plano de Conservação e Desenvolvimento da Cidade, pois mantém espaço aberto e preserva a Bacia de Mudge Pond”.

O retiro será uma organização de caridade ou corporação sem fins lucrativos com 19 a 25 funcionários, incluindo seis a nove funcionários administrativos fora do local. A propriedade será fechada ao público, exceto durante eventos especiais.

Jasper Johns, de 87 anos, é uma figura imponente no mundo da arte. Conhecido por suas obras de Pop e Neodadaísmo, ele ganhou a Medalha Presidencial da Liberdade em 2011 e um Leão de Ouro na Bienal de Veneza de 1988, entre muitas outras premiações.

Johns também é co-fundador, juntamente com o compositor John Cage da Fundação para Artes de Performance Contemporânea, que oferece bolsas nas artes visuais e de performance. A fundação não está envolvida com o retiro dos artistas e se recusou a comentar para esta história, assim como Johns.

Para a próxima edição de outubro da Dasartes, preparamos matéria inédita com o artista.

Compartilhar: