EXPOSIÇÃO REÚNE OBRAS DE DEZ ARTISTAS NA CAIXA CULTURAL DO RIO DE JANEIRO

Mostra “Asas a Raízes” apresenta obras inéditas, pinturas, fotografias, esculturas e instalações que ocuparão a área externa e interna da Galeria 1.

A CAIXA Cultural do Rio de Janeiro apresenta, de 18 de janeiro a 15 de março de 2015, a exposição Asas a Raízes, com 15 obras de dez artistas brasileiros de relevância no cenário das artes visuais. São eles: Christus Nóbrega, Gê Orthof, José Patrício, José Rufino, Leila Danziger, Monica Mansur, Neno del Castillo, Rosana Ricalde, Xico Chaves e Zalinda Cartaxo.

Com curadoria da carioca Sonia Salcedo del Castillo, a exposição reúne pinturas, objetos, desenhos, fotografias, esculturas e instalações. A maioria das obras foi realizada especialmente para a mostra na CAIXA Cultural e coloca em pauta os limites do diálogo entre trabalhos distintos. “O público irá conhecer um pouco mais sobre estes artistas e perceber que entre suas diferenças e frestas, a curadoria pretende sublinhar a existência de um espaço de exposição, situado na fronteira entre o vivido e o imaginado. É importante ter raízes, mas não menos possuir asas”, resume a curadora. 

Entre os trabalhos realizados especialmente para a exposição estão a obra de Gê Orthof mar ! armar, a foto-instalação de Zalinda Cartaxo, a instalação de Neno Del Castillo e a ambientação de Leila Danziger. 

Alguns artistas criarão seu trabalho no local, como a instalação com folhas secas proposta por Christus Nóbrega para a escada do foyer, e a de camuflagens de uma das colunas estruturais do prédio, projetada por José Patrício, com o uso de adesivos que compõem jogos de memória.

A exposição será aberta para convidados no dia 17 de janeiro (sábado), às 17h30, com a presença dos artistas e da curadora.

Artistas:

Christus Nóbrega – Nascido em João Pessoa (PB), é formado em Desenho Industrial pela Universidade Federal da Paraíba e Mestre em Artes pela Universidade de Brasília. Coordenador pedagógico do curso de licenciatura em Artes Visuais da UnB/UAB, Christus Nóbrega aborda em suas obras questões do corpo, das redes sociais, da identidade, da memória e sua relação com as novas tecnologias. Possui obras em coleções públicas e privadas, no Brasil e no exterior.
 
Gê Orthof – Artista e professor da Universidade de Brasília, nasceu em Petrópolis (RJ). Fez Pós-Doutorado em Boston. Foi selecionado para o Prêmio PIPA 2010. Principais exposições: Centro de Arte Moderna, em Madri; Museu de Arte Moderna (RJ); Galeria Gentil Carioca (RJ); Museu de Arte Contemporânea (SP); Paradigmas Arte Contemporânea, de Barcelona, entre outras.
 
José Patrício – Artista plástico pernambucano, José Patrício é graduado em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Pernambuco. Em 1983, realizou sua primeira exposição individual na Oficina Guaianases de Gravura, em Olinda (PE), onde foi diretor artístico, entre 1986 e 1987. Fez estágio no Atelier de Restauration d’Art Graphique, em Paris (França), de 1994 a 1995. Participou da 22ª Bienal Internacional de São Paulo, em 1994, e, a partir de 1999, passa a utilizar, como elemento principal de suas obras, peças de dominó agrupadas, com as quais faz mosaicos.

José Rufino – Vive e trabalha em João Pessoa (PB). Desenvolveu sua jornada artística passando da poesia para a poesia-visual e, em seguida, para a arte-postal e desenhos, nos anos 1980. Filho de ativistas políticos presos durante o regime militar brasileiro, nos anos 1960, o artista é também conhecido pelos seus trabalhos de caráter político.

Leila Dazinger – Artista, pesquisadora e professora do Instituto de Artes da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Nasceu no Rio de Janeiro, sua obra transita pela literatura e pela mídia. Participou de exposições no Rio de Janeiro, São Paulo, Berlim, entre outras.

Monica Mansur – Carioca, fez Pós-Graduação em Artes Visuais, na Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro. A artista é uma veterana com mais de vinte anos de carreira com grande número de exposições.

Neno del Castillo – Artista, arte educador, com Licenciatura Plena em Educação Artística pelas Faculdades Integradas Bennett (RJ), doutorando em Processos Artísticos Contemporâneos (UERJ), curador e produtor cultural da Funarte, instituição onde trabalha desde 1989, respondendo pelo setor de Artes Plásticas de 1992 a 2001.Desde 2003, coordenou o Programa de Artes Visuais no Museu Imperial de Petrópolis. Como artista, desde os anos 1980, participa de exposições coletivas e individuais no Brasil e no exterior. 

Rosana Ricalde – Nascida em Niterói, formada pela EBA/RJ, é uma artista que trabalha no Rio de Janeiro e em Rio das Ostras (RJ) onde reside. Suas principais exposições individuais foram realizadas no Rio de Janeiro, Madri, Oslo, Miami, Lisboa, São Paulo e Havana. Possui trabalhos que fazem parte da coleção Gilberto Chateaubriand – MAM e participou de projetos de residências artísticas em São Tomé e Príncipe (2008), Ilha de Susak, Croácia (2008) e em Rotterdam, Holanda (2005).

Xico Chaves – Francisco de Assis Chaves Bastos nasceu em Tiros (MG). Artista plástico, poeta, letrista, participou da chamada Geração Mimeógrafo, no Rio de Janeiro. Obras poéticas editadas: Pássaro Verde (1967, mimeografada), Consumo 44 (1970, em computador), Pipa (1976), Purpurina (1977), entre outras.

Zalinda Cartaxo – Artista visual e professora adjunta na UNIRIO. Realizou Pós-Doutorado na Universidade do Porto, Portugal. É Doutora em Artes pela USP e em Artes Visuais pela UFRJ. Mestre em História e Crítica da Arte (UFRJ). Participou de exposições individuais e coletivas como Sem título, na Pequena Galeria do Centro Cultural Cândido Mendes (RJ), em 1999, entre outras. É autora do livro Pintura em Distensão.

Curadoria:
Sonia Salcedo del Castillo é arquiteta, cenógrafa, artista curadora. Pesquisadora e docente, é doutora em Artes visuais (EBA/UFRJ) e autora de livros e textos diversos. Como curadora independente e da Funarte, realiza exposições no Brasil e no exterior. Foi premiada pela União Internacional dos Arquitetos e tem experiencia profissional em teatro, televisão e carnaval. 

 

Serviço

Exposição Asas a Raízes
Local: CAIXA Cultural Rio de Janeiro – Galeria 1
Endereço: Av. Almirante Barroso, 25, Centro (Metrô: Estação Carioca)
Telefone: (21) 3980-3815
Abertura: 17 de janeiro de 2015 (sábado), às 17h30
Visitação: 18 de janeiro a 15 de março de 2015 (terça-feira a domingo)
Horário: 10h às 21h
Classificação indicativa: Livre
Entrada Franca
Acesso para pessoas com deficiência
Patrocínio: Caixa Econômica Federal e Governo Federal.

 

Compartilhar: