Depois de Dalí e Andy Warhol, John Currin pinta retrato de atriz para capa da Vogue

Se a atriz Jennifer Lawrence parece particularmente etérea na capa da edição de setembro da Vogue, é porque a imagem não é uma fotografia; É uma pintura do artista John Currin, que retrata a estrela em trajes elegantes, incluindo um impressionante chapéu vermelho e branco de pele Miu Miu.

John Currin é conhecido por combinar técnicas de pintura que lembram obras clássicas da arte renascentista a temáticas sexuais bem pouco sutis, o trabalho do norte-americano John Currin é definido como “provocativo, brincando com os limites entre o belo e o grotesco”.

“Para estar em uma situação de produzir uma capa para esta famosa revista, estou um pouco assustado”, disse Currin ao New York Times . “Eu me preocupo com o decoro”.

O retrato é um das quatro capas encomendados pela revista para sua edição do 125º aniversário, juntamente com fotografias de Lawrence de Annie Leibovitz , Bruce Weber e Inez van Lamsweerde e Vinoodh Matadin .

A revista já convidou artistas contemporâneos para criar capas no passado, incluindo quatro projetos de Salvador Dalí e um design de dezembro de 1983 para a edição francesa de Andy Warhol com uma imagem de Caroline of Monaco.

Esta não é a primeira vez que Currin pintou uma atriz de Hollywood. Uma tela de 1991 intitulada “Bea Arthur Naked”  é mais típica do trabalho do artista, que muitas vezes apresenta nudez provocante. Ele vendeu por pouco mais de US$ 1,9 milhão na Christie’s New York em 2013.

Compartilhar: