CCBB Brasília realiza a exposição Experiência Tumulto III

Radicado em Brasília, o artista Wagner Barja apresenta suas obras que remetem ao conceito de "Arte Contemporânea popular".

De 25 de fevereiro a 20 de abril de 2015, o Centro Cultural Banco do Brasil da capital federal recebe, nas Galeria 2 e Pavilhão de Vidro I, a mostra Experiência Tumulto III, do artista Wagner Barja. A exposição conta com curadoria de Marisa Flórido César e apresentará uma antologia dos 30 anos da produção de Barja, constituída de propostas experimentais nas diversas linguagens plásticas com as quais trabalhou ao longo de sua carreira.

Envolvido com a investigação e a pesquisa em arte e com o lema da ousadia em suas poéticas visuais, Barja sempre procurou desconstruir com humor e ironia o linear e o estabelecido. Nessa mostra, o artista reconstituirá o seu extenso universo poético, com trinta obras nas linguagens que vão desde instalações em vídeo-esculturas, confeccionadas em alumínio e bronze fundido. São instalações multimídia, objetos, fotografias de grandes dimensões e também vídeos, a maioria inédita no Brasil, que apresentam registros de performances e intervenções urbanas realizadas durante sua carreira.

“Por meio de uma revisão de suas participações em algumas coletivas e individuais foi possível a reconstituição de um percurso, que ao final apresenta uma visão de campo de uma complexa, expressiva e rica produção”, afirma a curadora.

A exposição irá ocupar dois amplos espaços com inúmeras obras, desde as mais antigas às mais atuais, como é o caso de Armadilhas Semânticas. Desde 1984 em processo de evolução, ganhou o prêmio Projeteis da Funarte em 2006 e será recriada para o módulo retrospectivo da exposição, que ocupará a galeria retangular do CCBB. Trata-se de poesia visual em foto e vídeo, com ação de micos que comem bananas e, com elas, formam as palavras-chave para a interpretação do público.

Já no grande pavilhão negro Barja apresentará uma obra inédita: “Jonas”. Entre o mito, a literatura, essa videoinstalação será constituída de 20 peças fundidas em alumínio que consistem de vértebras de uma baleia com asas. Segundo o artista, “Jonas” fará seu discurso “anima/verbi-voco-visual”, um conceito que perpassa todo universo de sua criação artística. Serão exibidos vídeos no interior do conjunto de vértebras da baleia.

As mostras “Experiência Tumulto I e II”, apresentadas na Galeria Macunaíma/ RJ em 1985, foram recriadas para serem expostas na Galeria Cruce Pensamento Contemporâneo, em Madri, no Centro de Arte Moderno de Buenos Aires e no Conjunto Cultural da Caixa, em 2000. Agora, o público brasiliense poderá conferir a evolução deste trabalho na Experiência Tumulto III, que revela a extensa produção do artista e sua sintonia com o pensamento contemporâneo.

SERVIÇO
Patrocínio: Banco do Brasil
Exposição: Experiência e Tumulto III
Centro Cultural Banco do Brasil
De 25 de fevereiro a 20 de abril de 2015, de 9h às 21h – Quarta a segunda-feira.
Classificação Indicativa: Livre
Entrada Franca

 

Compartilhar: