© Yuri Firmeza A Fortaleza, 2010

DASARTES 35 /

Yuri Firmeza

YURI FIRMEZA A 31.ª Bienal de São Paulo 2014, segundo os curadores Charles Esche e Galit Eilat, “tenta produzir e trazer trabalhos que podem mostrar alternativas, novas maneiras de pensar. São aspectos da experiência humana que ainda não estão presentes no mundo das decisões”. O artista Yuri Firmeza abre espaço para variadas possibilidades de leituras […]

YURI FIRMEZA

A 31.ª Bienal de São Paulo 2014, segundo os curadores Charles Esche e Galit Eilat, “tenta produzir e trazer trabalhos que podem mostrar alternativas, novas maneiras de pensar. São aspectos da experiência humana que ainda não estão presentes no mundo das decisões”. O artista Yuri Firmeza abre espaço para variadas possibilidades de leituras a partir da sua própria imagem ou da construção do discurso imagético ao explorar as novas possibilidades da linguagem estética que a fotografia, o vídeo ou a performance oferecem como processos experimentais. Yuri traz a presença de seu próprio corpo em um regime de ambiguidades, como um dispositivo pulsional constante para suas experiências, sem renunciar à uma contundência plástica. Reinventar os limites físicos do seu próprio corpo, convocado como um elemento ativo e estrutural, são registros que nos surpreendem, ao evidenciar um fluxo poético em suas múltiplas enunciações e uma inquieta emergência no campo da arte, primordiais para a constituição do imaginário contemporâneo.

Compartilhar:

Confira outras matérias

Matéria de capa

Os contos cruéis de Paula Rego

 

“Os contos cruéis”, de Paula Rego, exposição inaugurada em outubro no Museu  L’Orangerie, em Paris, marca um momento importante na …

Flashback

Pieter Bruegel, o velho

Bruegel é um moralista ou fatalista? Otimista ou cínico? Humorista ou um filósofo? Camponês ou habitante da cidade? Folclorista ou …

Do mundo

O estranho mundo de Edward Burne-Jones

O nome Edward Burne-Jones (1833-1898) pode não ser tão familiar hoje como era antes, mas sua arte está ao nosso …

Reflexo

Hugo França

Cadeira Canoa

A “Cadeira Canoa” remete ao começo de tudo e também a um marco da minha carreira. Meu contato com …

Destaque

Sonia Gomes: ainda assim me levanto

“Ainda assim me levanto” apresenta a extraordinária contribuição da artista Sonia Gomes para a linguagem da escultura contemporânea. As obras …

Outras notas

Laércio Redondo: Relance

A pesquisa do artista brasileiro Laércio Redondo, que vive entre a Suécia e o Brasil, envolve a memória coletiva e …

Destaque, materia, yves klein

Yves Klein - Cronologia

CRONOLOGIA

1928 – Nasce em Nice, filho de um casal de artistas.
1947 – Inicia seus estudos do Judô e, no Clube …

Destaque, materias

57ª Bienal de Veneza

Viva Arte Viva

A 57ª Bienal de Arte de Veneza intitulada “Viva Arte Viva” inaugurou no início do mês de maio, …

Piti Tomé

O trabalho de Piti Tomé gira em torno da fotografia e da experimentação com a imagem. Sua pesquisa tangencia questões da psicanálise e trata …

Felipe Barbosa

Em junho e julho, o Brasil respirará o maior evento mundial de futebol: a Copa. Independentemente de questões políticas ou …

Bruno Miguel

A pesquisa sobre o espaço da pintura de paisagem na arte contemporânea e a expansão do campo pictórico tem sido o …

Gisele Camargo

As imagens construídas por Gisele Camargo suscitam uma dúvida sobre aquilo que está diante de nós. E não estou argumentando apenas …

Daniel Murgel

Selecionado para integrar a edição 2011-2013 do programa Rumos, do Itaú Cultural, Daniel Murgel é um artista que vem consolidando …

Ateliê do artista

Rodrigo Andrade

A primeira coisa que você falou quando eu entrei no seu ateliê foi: “bem-vinda! Aqui está o túnel do tempo”.

Sim, …

Entrevista

ENTREVISTA - Aracy Amaral

RAPHAEL FONSECA: Em um momento em que muitas curadorias optam por grandes números de participantes, me chama a atenção a …