Tetraedro e outras estruturas com prego – Outra Oficina | Galeria Nicoli

poltrona-ee2248h

Leo Capote e Marcelo Stefanovicz expõem obras de design-arte em “Tetraedro e outras estruturas com prego”, na Galeria Nicoli. 

Formas geométricas elaboradas com pregos compõem as obras da Outra Oficina, de Leo Capote e Marcelo Stefanovicz, expostas em “Tetraedro e outras estruturas com prego”.

Essa é a primeira exposição individual da dupla, que criou bancos, cadeira, poltrona, espelho, armário, mesa e luminária. Toda a concepção das peças nasceu de uma experimentação em 2015, com a luminária “Tetraedro”, concebida para ser um produto relativamente simples e com preço reduzido. A partir dessa ideia, surgiu o desafio de unir essas células únicas em forma de pirâmide para compor novas estruturas e objetos.

A construção por tetraedros foi desenvolvida por Alexander Graham Bell, em 1902, e fazia parte de sua pesquisa para inventar máquinas voadoras. “Em busca de estruturas que unissem leveza e resistência, o inventor desenvolveu uma série de pipas com essa configuração formal Euclidiana que desafiavam a gravidade. No entanto foi no campo da arquitetura que esse sistema se sobressaiu, sendo aplicado em torres, pontes e outras inúmeras construções”, explica o curador Bruno Simões.

“Pode-se entender essas peças, de certo modo, como um uso novo de uma ideia antiga”, declara Marcelo. E Leo completa que a força de trabalho da dupla
reside “na utilização da troca de funções, da fragmentação, desconstrução, aglomeração e humor para mostrar nosso modo de ver o mundo e criar”.
“Nós todos somos muito propensos, eu acho, a passar pela vida de olhos fechados. Há coisas ao nosso redor e a nossos pés que nunca vemos porque nunca realmente olhamos”. A. Graham Bell

Compartilhar: