Ruínas – A fissura no escombro | Ateliê Casa

Fotografia sobre papel, de Silvia Neves

Uma exposição sobre ruínas, onde qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência. Uma exposição que traz uma esperança aos espectadores e que conta com a participação de 18 artistas atuantes no cenário carioca e curadoria de Áureo Guilherme Mendonça – Professor Associado da UFF/Rio das Ostras do Curso de Produção Cultural (Teoria e Crítica de Arte).

A mostra faz parte do projeto O Artista Convida, onde os participantes dialogam com 1 ou 2 artistas de Rio das Ostras. A convidada desta edição é Giovana Agostini – professora de história da arte na Fundação Rio das Ostras de Cultura. A ideia é interiorizar a produção de arte contemporânea do Rio, criar tradição em artes visuais e dinamizar a cena cultural local além de estimular a produção artística. 

São cerca de 30 obras, entre fotografia, gravura, pintura, vídeo e performance, que abordam o tema ‘ruínas’. O olhar do artista, que se espreita na fissura dos escombros, é capaz de enxergar mundos que se revelam como desafios ao status quo. Especialmente a fotografia tem esse poder especular de fazer ver o invisível e transtornar a tendência ao bom senso e, assim, revigorar as perdidas utopias. A exposição apresenta uma nova vida pela fissura das ruínas. Em cada artista, em cada obra, o público vai poder observar isso.

Compartilhar: