Christian Cravo | Dan Galeria

africa_060

Uma África monumental, plástica e nada clichê, construída a partir de recortes abruptos, que dispõem fragmentos de animais e paisagens, privilegiando a estética à narrativa. Sob um olhar excêntrico, o fotógrafo Christian Cravo dá ao continente africano uma nova cara. Seu projeto “Luz e Sombra”, desenvolvido ao longo dos últimos sete anos, ganha, a partir de 5 de agosto, uma exposição com imagens inéditas na Dan Galeria, em São Paulo. Na abertura da mostra, o artista lança também um livro homônimo, que documenta e conclui esse seu trabalho.

A exposição é resultado de uma imersão do fotógrafo em sete países africanos: Namíbia, Zâmbia, Botsuana, Quênia, Tanzânia, Congo e Uganda. Na galeria paulistana, Christian apresenta um conjunto de 25 fotografias, muitas delas inéditas. Nesses trabalhos, pode-se notar a ausência da figura humana e a consequente supressão dos aspectos etnográficos e dramáticos, tão comuns nos registros que buscam retratar o continente.

“A África é um continente de múltiplas facetas, raças, culturas e biodiversidade. A minha experiência anterior a 2010 era restrita à natureza humana, à cultura e aos desdobramentos pan-africanos”, afirma o fotógrafo. Em ‘Luz e Sombra, Christian foca na construção da própria imagem, através de questões intrínsecas a luz, tempo e espaço.

A seleção de imagens que chega à Dan traz fotografias inéditas e é apresentada junto ao livro já editado, que conclui o projeto. A publicação tem capa dura e reúne mais de 90 fotografias.

 

Compartilhar: